Publicado em Deixe um comentário

Tyson encontra a paz na columbofilia

Por Kevin Iole.
Henderson, Nevada – As mãos que já causou tanto medo, que uma vez misturados os cérebros de homens altamente treinados, o que causou profissionais de elite para se esconder com medo, agora suavemente, com ternura, carícia um pombo .

Mike Tyson, ex-campeão dos pesos pesados ​​do mundo, o homem mais malvado de um tempo no planeta, é agora apenas um trabalho duro que hustles biscates para ganhar a vida.

A vida é mais simples agora, mais tranquila. Ele está fazendo o que ama, cercado por pessoas e coisas que ele ama. O doido, fora de controle lutador, que já roeu orelha de um oponente fora, que mordeu um outro adversário na perna durante uma coletiva de imprensa, que disse que queria comer crianças de um oponente, é muito longe.
Pombos não são do mundo aves mais populares, mas Mike Tyson espera seu show novo Planeta Animal, vai mudar a percepção. Isso foi Iron Mike, e este Mike Tyson não quer fazer parte desse cara.

Ele se autodenomina um “cara Nevada” e agora diz que não quer ter nada a ver com viver em Brooklyn, onde ele nasceu e cresceu. “Nem mesmo em um apartamento”, diz ele, rindo nervosamente.

Ele está em casa no deserto, com sua nova esposa, dois de seus filhos e seus preciosos pombos . Ele é um viciado em recuperação agora, lutando diariamente para evitar as tentações das drogas que quase descarrilou ele apenas alguns anos atrás.

A área de Las Vegas não é geralmente o lugar para as pessoas com dependências, como Tyson. E a partir do quintal de sua casa, as luzes da famosa Las Vegas Strip acenam como uma canção da Sereia.

Tyson, no entanto, insiste que ele encontrou a paz, porque ele veio a uma realização que levou mais de 40 anos para aceitar.

“Eu costumava pensar que ninguém gostava de mim e ninguém queria me ajudar”, disse Tyson. “Não.

As pessoas estavam esperando por mim para fazer a coisa certa. Uma vez que você ajudar a si mesmo, as pessoas vão ajudá-lo. É assim que vai, e eu descobri tarde. As pessoas estão apenas esperando para que você mude para que possam participar em cultivar sua vida. Ou, eles estão esperando por você para matar a si mesmo e ver você de auto-destruição “E o que eu finalmente aprendi é que as pessoas dizem, ‘Então, o que vamos fazer? Eu não vou ajudá-lo a auto-destruição. Se você é auto-destrutivo, eu vou ficar longe.

Mas uma vez eu vejo que você está tentando cultivar a sua vida e de mudança e jogue fora os maus hábitos, eu vou me envolver em sua vida e tentar ajudar. Fora isso, eu não estou envolvido.”

Ele faz uma pausa e suspira. “Eles estão certos, é claro, mas é o que eu não percebi”, disse ele. “Ela só levou tanto tempo para eu perceber que as pessoas não me odeia. Eles odiavam o comportamento que viu e eles queriam me ajudar, se pudesse, se eu lhes deu uma chance e tentar começar ajudando a mim mesmo. ”

Tyson faz o dinheiro fora do seu nome, mas ele insiste que ele está longe de ser o homem que ele já foi. Ele encontrou projetos que mantê-lo ocupado e pagar-lhe dinheiro e ele achou que, surpresa, surpresa, as pessoas realmente gostam dele e gostar de ouvir o que ele tem a dizer.

Ele está estrelando uma série docudrama para o Animal Planet canal a cabo chamado “Levando em Tyson”, que começa em 6 de março, às 10 pm ET e PT. O show é de cerca de pombos-correio e Tyson desafia alguns dos melhores pombos pilotos do mundo.
O ex-campeão há muito tempo tem um fascínio com os pombos . Ele lutou nas ruas pela primeira vez como um 12-year-old quando um valentão do bairro na seção resistente Brownsville, gritty de Brooklyn agarrou seu favoritopombo e agarrou seu pescoço, jogando o pássaro morto para ele, o seu sangue salpicando-o em seu rosto.
Ele agora tem um galinheiro em sua casa e tem pombos como seus animais de estimação.

“Eu looooooove essas coisas”, ele arrulha, suavemente.

Os pombos não são no topo da lista da maioria das pessoas de peluches, animais de estimação afetuosos.Em muitas áreas, eles são considerados um incômodo. Tyson, no entanto, vê as aves de maneira diferente.

Eles são animais majestosos com personalidades distintas, diz ele, os melhores animais que ele já possuía.

Tyson teve uma história rica com animais, incluindo espécies exóticas. Nada, porém, pode coincidir com um pombo em seus olhos.
” Os pombos são os melhores “, disse ele. “De todos os animais que eu tive – tigres, leões, ursos – Ah, não, nenhum deles está sequer perto de mesma liga como os pássaros.”

Tyson diz: “Oh não, não, não”, quando perguntado se ele tem uma compreensão especial dos pássaros que os outros não possuem. É a sua vontade de aceitar os que lhe dá qualquer visão que ele tem em sua natureza, diz ele.

“Se você acha que tem algum tipo de nível diferente de compreensão dos animais, que é quando você acha que você é especial e é aí que você se machucar por eles”, disse Tyson. “Isso é quando você perdê-lo. Estes animais não entendem. Pombos são o primeiro amigo do homem de penas, mas eles precisam de nós na vida. Nós temos um relacionamento, nós e os pombos , especialmente os de raça pombos . Pessoas cuidar deles muito bem, mas você sabe o quê? Eles vivem apenas dois anos na rua, se tiverem sorte. E isso é, se tiverem sorte. “

Tyson enganado muita gente por sobreviver a uma vida selvagem, muito do que passou nas ruas, e tornando-se o passado de seu aniversário de 40 anos ainda está vivo. Ele é 44 agora e fazer melhor do que ele já tem, diz ele.

Ele ainda ama o jogo de luta – ele gosta tanto de boxe e artes marciais misturadas – mas não é tão próximo do esporte que fez dele uma das figuras mais conhecidas do mundo como ele era antes. Apenas alguns dias antes de um ataque altamente antecipado bantamweight entre Nonito Donaire Jr. e Fernando Montiel no Mandalay Bay Events Center que está apenas a uma curta distância de sua casa, Tyson pergunta se as partidas boas estão chegando.

Mas quando a luta Donaire Montiel é mencionado, Tyson está confuso.

“Eles são bons?”, Pergunta ele. “Desculpe-me por perguntar, mas eu não estou familiarizado com eles. Será que vai ser uma luta boa? ”

Tyson ainda é uma constante nas lutas em Las Vegas, mas diz que acredita que o Ultimate Fighting Championship já ultrapassou o boxe por causa da maneira que promove e encena seus eventos.

“É mais divertido do que ir a uma luta de boxe agora”, diz Tyson de ir a um cartão de UFC. “Quando você vai para uma luta de boxe, uma vez que a luta acabou, você está esperando por outro jogo e não há nada acontecendo.Estamos ali, sentado com um anel de vazio e nada está acontecendo. Nós também podemos ficar de pé, porque o público é o show lá. Se você ir para o UFC, “Boom, boom, da, da, da, da,” é como se estivéssemos em um clube, nós estamos festejando. Todo mundo está passando suas bebidas e é uma festa.

“Quando os lutadores saem, há música mais e construir uma história até sobre os lutadores e, em seguida, há a luta. As lutas são incríveis – eles são incríveis, realmente – e, em seguida, ‘Boom’, a luta acabou e então não há mais música. É uma festa e uma luta ao mesmo tempo. Eu sei que parece loucura, mas é o que é. ”

Ele ri e explica o que ele faria se fosse um promotor. Ele claramente foi prestando atenção, porque tudo que ele diz faz sentido.

Ele não tem um MBA, mas ele tem uma noção do que move as pessoas.

“Você sabe, as pessoas vão gastar seu último centavo para se divertir”, diz Tyson. “Eles vão roubar uma refeição e pagar para o seu entretenimento. Quando eu estava lutando, as pessoas assistiram, porque eles achavam que eu estava louco. Eles não sabiam o que poderia acontecer a seguir. Havia um aspecto de entretenimento a isso, que eles queriam ver o inesperado, por assim dizer. Eles não sabiam o que poderia acontecer, mas eles achavam que seria algo e queriam vê-lo.

“Com esse show, sim, as pessoas vão vê-lo por causa de mim e porque eles querem me ouvir falar e descobrir o que tenho a dizer. Isso é parte dela. Mas esses outros personagens desse programa são fascinantes. Eu não quero dizer os seus negócios pessoais, mas quando você vê esses caras, eles são pouco atarracado homens brancos de gordura, e outras coisas. Mas se você nunca chegar a conhecê-los, eles são destemidos. Eles não tem medo de ninguém, com uma arma ou sem. Eles não se parecem com esse tipo de gente, porque não é carimbado na testa como se fosse comigo. Mas você assistir e você vai ver. ”

Ele está ansioso para ver a reação ao show e acredita que será um sucesso, embora não por causa de sua presença. As aves, ele prevê, serão as estrelas.

Como você pode não amar pombos , ele pede? Eles são uma grande parte da sua vida nestes dias e muitas vezes ele passa o tempo acariciando seus pássaros, conversando com eles, calmamente assistindo-los subir acima dele.

“Todos eles têm suas próprias personalidades e há alguns que você gosta mais do que outros”, disse Tyson.”Mas você sabe o quê? Existem algumas pessoas que você gosta mais do que outros. Às vezes, por causa do que você faz, ou quem você é, você é obrigado a associar com as pessoas e você pode não gostar deles ou você não pode querer estar ao seu redor, mas você tem que por causa da situação você se encontra dentro.

Fonte Yahoo Esportes

Publicado em Deixe um comentário

Pombo As 2011

Classificações das campanhas de 2011 e 2012

Concurso Concor. Data T Distância Enviados Lugar Coef.

Número

Categoria A (Velocidade) – os melhores 3 pombos com as melhores 4 provas.

Anilha Columbófilo

1021044/11 99/112/9 – TABATA LUISA SANTOS ANDRADE SOUSA S.C. A ROLINHA

2012/228 ARARAS VELOCIDADE FILHOTES  10 20/05/2012 V 116583.4 250 4 94.0000

2012/230 SANTA RITA VELOCIDADE FILHOTES 1027/05/2012V188052.2 2501 100.0000

2012/232 CRAVINHOS VELOCIDADE FILHOTES 10  03/06/2012 V 234616.52501 100.0000

2012/234 SÃO JOAQUIM DA BARRA VELOCIDADE FIL 1010/06/2012V329584.92201 100.0000

Totais :        868837.0      394.0000

 

1046525/11 99/270/1669 –  Leonardo Reis Milagres A.C.P. CorreioES

2012/131   Sao Mateus ES (com muita chuva) 9 10/06/2012 V 117974.4 270 4 94.4400

2012/133  Posto da Mata BA (s/chuva+vento bic 9 24/06/2012 V226799.2 251 7 88.0500

2012/135   Itamaraju BA (c/chuva+vento bico) 7 15/07/2012 M   325465.9 156 2 96.7900

2012/137   Itamaraju BA (vento lateral c/chuva 7 12/08/2012 M   325461.9 126 3 92.0600

Totais :        995701.4          371.3400

 

142410/08 99/322/4 –       Jose Novais U.C. NEPOMUCENO

2012/183  SERRA DA MOEDA 5 03/06/2012 V 174291.0 150 1 100.0000

2012/184   BETIM – I 5 10/06/2012 V 213916.9 150 1 100.0000

2012/189  SÃO JOSE DA LAGOA(BR040xBR135)-I 5 15/07/2012V312568.4 150 6 83.3300

2012/191  SÃO JOSE DA LAGOA (BR040xBR135) II 5 29/07/2012M312568.41505 86.6700

Totais :           1013344.7              370.0000

———————————————————————————————————————-

 

FEDERAÇÃO COLUMBÓFILA BRASILEIRA

Classificações das campanhas de 2011 e 2012

Concurso Concor. Data T Distância Enviados Lugar Coef.

Número

Categoria B (Meio-Fundo) – os melhores 3 pombos com as melhores 4 provas.

Anilha Columbófilo

920960/10 99/322/2 –    Arthur Bergo U.C. NEPOMUCENO

2012/186  JOAQUIM FELICIO 5 24/06/2012 M    449562.5 150 1 100.0000

2012/188  MONTES CLAROS – I 5 08/07/2012 M  560178.4 148 1 100.0000

2012/189  SÃO JOSE DA LAGOA (BR040xBR135) – I 515/07/2012V315288.81503 93.3300

2012/191  SÃO JOSE DA LAGOA (BR040xBR135) II529/07/2012M315288.8 150 2 96.6700

Totais :     1640318.5      390.0000

 

0894946/10 99/790/554 – JURANDY GOIS C. Sergipano P.C.

2012/316       PALMARES – PE. 20 26/08/2012 V                 313607.9 536 3 98.1300

2012/317       GOIANA – PERBAMBUCO 17 09/09/2012 M     453298.3 430 3 97.6700

2012/318       SANTA RITA DE CASSIA PB 15 23/09/2012 M  495544.0 341 5 94.1300

2012/319       MAMANGUAPE PB 15 07/10/2012 M               515281.5 302 5 93.3800

Totais :    1777731.7              383.3100

 

0959968/10 99/379/864 – Paulo Roberto Figueiredo S.C. Divinópolis

2012/119      Engenheiro Navarro 14 24/06/2012 V 335199.8 416 7 92.7900

2012/121      Montes Claros-MG 13 08/07/2012 M 388866.9 389 4 96.1400

2012/122      Capitão Enéas-MG 13 15/07/2012 M 444761.8 363 10 87.6000

2012/123      Janaúba-MG 13 22/07/2012 M 510598.1 313 6 92.0100

Totais :        1679426.6        368.5400

——————————————————————————————————

 

FEDERAÇÃO COLUMBÓFILA BRASILEIRA

Classificações das campanhas de 2011 e 2012

Concurso Concor. Data T Distância Enviados Lugar Coef.

Número

Categoria C (Fundo) – os melhores 3 pombos com as melhores 3 provas.

Anilha Columbófilo

0914701/10 99/11 /402 – FLAVIO LUIZ BORGES C.C. ANHANGUERA

2012/ 10          CORRENTINA-BA 11 05/08/2012 F 625437.4 245 3 12.2449

2012/ 11          SANTA MARIA DA VITORIA-BA 11 19/08/2012 F 657380.3 188 5 26.5957

2012/ 13          BRUMADO-BA 11 15/09/2012 G 869258.5 166 1 6.0241

Totais : 2152076.2 44.8647

0910210/10 99/112/7 – SERAFIM JOSÉ CAMILO S.C. A ROLINHA

2012/245      PIRES DO RIO FUNDO ADULTOS 8 01/09/2012 F 711866.8 109 5 45.8716

2012/270     CATALÃO II FUNDO PAULISTANO 8 21/07/2012 F 605611.5 364 2 5.4945

2012/272       CAMPO ALEGRE DE GOIAS FUNDO PAULIST 30 18/08/2012 F 661130.9 585 5 8.5470

Totais : 1978609.2 59.9131

1064039/11 99/221/614 – OS MAYERHOFER 2 U.C. CAMPOS GOYTACAZES

2012/ 85            EUNAPOLIS 38 25/08/2012 F 630525.4 1005 14 13.9303

2012/ 86            CAMACÃ 34 08/09/2012 F 746555.7 746 24 32.1716

2012/ 87           ILHEUS 29 29/09/2012 F 803539.4 420 6 14.2857

Totais : 2180620.5 60.3876

—————————————————————————————————–

 

FEDERAÇÃO COLUMBÓFILA BRASILEIRA

Classificações das campanhas de 2011 e 2012

Concurso Concor. Data T Distância Enviados Lugar Coef.

Número

Categoria D (Absoluta) GRANDE FUNDO – os melhores 3 pombos com as melhores 2 provas.

Anilha Columbófilo

0914701/10 99/11 /402 – FLAVIO LUIZ BORGES C.C. ANHANGUERA

2012/ 13     BRUMADO-BA 11 15/09/2012 G 869258.5 166 1 6.0241

2012/ 14     POÇÕES-BA 11 29/09/2012 G 987740.1 136 13 95.5882

Totais : 1856998.6 101.6123

 

0922547/10 99/11 /417 – EDMILSON FRANCISCO DIAS PRIMO C.C. ANHANGUERA

2012/ 13       BRUMADO-BA 11 15/09/2012 G 867559.5 166 12 72.2892

2012/ 14       POÇÕES-BA 11 29/09/2012 G 985746.6 136 8 58.8235

Totais : 1853306.1 131.1127

 

0922509/10 99/11 /391 – LUIZ ROBERTO L. DA SILVA C.C. ANHANGUERA

2012/ 13      BRUMADO-BA 11 15/09/2012 G 873077.6 166 7 42.1687

2012/ 14      POÇÕES-BA 11 29/09/2012 G 991245.3 136 17 125.0000

Totais : 1864322.9 167.1687

Abaixo a relação das regiões e seus campeões
REGIÃO CENTRO OESTE DE MINAS  PROVA DE BOM JESUS DA LAPA – BA      780 KM  CAMPEÃO – PAULO ROBERTO FIGUEIREDO- DIVINÓPOLIS -MG MELHOR EQUIPE NA PROVA.

REGIÃO ZONA DA MATA  MINEIRA  PROVA DE URUAÇU- GO     919 KM  CAMPEÃO –  JOSÉ GOMES DINIZ  – LAFAIETE -MG POMBO CAMPEÃO – 698303-08

REGIÃO GRANDE BELO HORIZONTE PROVA DE PARAMIRIM – BA   740 KM  CAMPEÃO – EDSON TEIXEIRA –  BELO HORIZONTE – CLUBE VENDA NOVA POMBO CAMPEÃO – 656086-08

REGIAO NORTE  PROVA DE NATAL – RN    516 KM  CAMPEÃO – HUGO JORGE  POMBO CAMPEÃO – 880585-10

REGIÃO SÃO PAULO CAPITAL PROVA DE LUZIANIA – GO  789 KM  CAMPEÃ – MARIA HELENA TAKEZAWA POMBO CAMPEÃO –  780651-9

REGIÃO SÃO PAULO INTERIOR  PROVA DE LUZIANIA – GO   600 KM  CAMPEÃO – FABIANO JUNIO GIRALDO  POMBO CAMPEÃO DESIGNADO – 630799-08

REGIÃO SUL – SANTA CATARINA  PROVA DE URUGUAIANA -RS  860 KM  CAMPEÃO – MARCOS ANTUNES MACHADO POMBO CAMPEÃO –  1106961- 11

REGIÃO SUL – RIO GRANDE DO SUL  PROVA DE PARANAVAÍ – PR CAMPEÃO – ADÉLCIO HEIDRICH POMBO CAMPEÃO – 606319-07

REGIÃO CENTRO OESTE  PROVA DE BRUMADO – BA 708 KM CAMPEÃO – JACKSON ARTAXERXES MATOS  POMBO – 766820-09

 

 

Publicado em Deixe um comentário

Pombo As 2010

Aos ganhadores nossa especial homenagem.

Categoria A (Velocidade) – os melhores pombos com as melhores 4 provas:

1o. lugar (moto 125cc) Pombo 0657219/08 31/380/130 – Geraldo Elcio do Socorro
S.C.MONTES CLAROS – MG – 387.9600 pontos

2o. lugar (entrada eletrônica) Pombo 0351706/05 27/270/1344 – Nelci Geraldo Cordeiro
A.C.P.C. – ES – 355.3500 pontos

3o. lugar (entrada eletrônica) Pombo 0601083/07 21/213/618 – Edmar Barros dos Santos
A.C.C. CAMPOS- RJ – 344.4500 Pontos

 

Categoria B (Meio-Fundo) – os melhores pombos com as melhores 4 provas.

1o. lugar (moto 125cc) Pombo 0765139/09 62/623/410 – JUSCELINO SOUZA OLIVEIRA
A.GOIANIA.C.P.C. – GO – 387.7600 pontos

2o. lugar (entrada eletrônica) Pombo 0566628/07 62/621/29 – LUIZ CARLOS MEIRELES
S.C.I. ANAPOLIS – GO – 363.7500 pontos

3o. lugar (entrada eletrônica) Pombo 0871160/09 31/380/582 – Ailton Soares Junior
S.C.MONTES CLAROS – MG – 358.1500 pontos

 

Categoria C (Fundo) – os melhores pombos com as melhores 3 provas.

1o. lugar (moto 125cc) Pombo 0586829/07 11/150/514 – JOSÉ AUGUSTO SANTOS DE MENDONÇA

S. C. SANTISTA – SP – 35.0000 pontos

2o. lugar (entrada eletrônica) Pombo 0648932/08 62/623/687 – CLEOMAR BERNARDES SILVÉRIO E

A.GOIANIA.C.P.C. – GO – 37.3912 pontos

3o. lugar (entrada eletrônica) Pombo 0633809/08 11/150/1365 – RODRIGO PERES DE MENDONÇA

S. C. SANTISTA – SP -56.6667 pontos

 

Categoria E (Maratona) – os melhores pombos com as melhores 2 provas.

1o. lugar (moto 125cc) Pombo 0648932/08 62/623/687 – CLEOMAR BERNARDES SILVÉRIO E

A.GOIANIA.C.P.C. – GO – 22.5544 pontos

2o. lugar (entrada eletrônica) Pombo 0476217/06 21/213/634 – Ronnie Claudio Gomes da Silva

A.C.C. CAMPOS – RJ – 88.4737 pontos

3o. lugar (não faz juz ao prêmio por ter ganho o 1o. lugar) Pombo 0648938/08 62/623/687 – CLEOMAR BERNARDES SILVÉRIO E

A.GOIANIA.C.P.C. – GO – 91.3148 pontos

4o. lugar (entrada eletrônica) Pombo 0601408/07 21/213/621 – Francisco José Barreto Sarlo

A.C.C. CAMPOS – RJ – 112.5845 pontos

 

Publicado em Deixe um comentário

Como o pombo-correio sabe para onde ele deve levar a mensagem?

O pombo-correio não leva uma mensagem espontaneamente a um determinado destino, como muita gente pensa. Ao invés disso, ele é transportado de seu local de origem até um certo ponto de partida, de onde ele saberá como retornar à sua casa.

“É um mecanismo natural que ele tem. Trata-se de uma estratégia adaptativa, ou seja, um resultado da seleção natural. Alguns animais são nômades, outros, migratórios. Já os pombos-correio possuem uma moradia fixa e procuram sempre voltar para esse abrigo, onde encontram proteção, alimento e os membros de seu bando”, diz o professor Ronald Ranvaud, que ministra as disciplinas de Neurofisiologia e Ciências Cognitivas no Departamento de Fisiologia e Biofísica do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP). “Na etologia, que engloba os estudos de comportamento, isso é chamado de fidelidade ao sítio de origem”, complementa. Ele conta que, além dessa característica, esses animais apresentam também um comportamento gregário, o que significa que não são solitários e, por isso buscam estar sempre juntos a um bando.

Os pombos-correio são da mesma espécie dos pombos comuns que se veem nas ruas, mas pertencem a uma raça diferente. Seu porte é maior e possuem uma carúncula mais acentuada na base do bico. Durante a Primeira e a Segunda Guerra Mundial, eles foram bastante utilizados para o envio de mensagens, como um recurso alternativo de comunicação. “Documentos da época mostram caminhões que serviam como pombais móveis. Mesmo que eles fossem levados a lugares diferentes a cada dia, desde que não muito distantes do local de origem, os pombos conseguiam voltar”, conta o professor.

Ronald explica que as mensagens ou encomendas são geralmente amarradas na perna do animal, ou colocadas em um tipo de mochila especial. Hoje em dia, essas aves ainda são utilizadas como mensageiras. “Até recentemente, o exército russo mantinha uma ‘divisão’ para pombos-correio. Na Inglaterra, há cerca de dez anos, um hospital os usava para levar amostras ao seu laboratório, por ser um transporte mais rápido, que não precisa enfrentar o trânsito. E faz parte do folclore que elas também sejam usadas no contrabando de drogas e diamantes”.

Mas não é qualquer pombo que se pode usar como mensageiro. Se pegássemos um exemplar na rua e o levássemos para um local desconhecido, ele provavelmente conseguiria voltar para casa – mas existe uma limitação. “Se o animal for afastado cerca de 15 km de onde vive, por exemplo, ele certamente saberia encontrar o caminho de volta. Mas se essa distância exceder uns 50 km, ele dificilmente voltaria, pois precisaria ter um porte de atleta”, diz Ronald Ranvaud.

Por isso, os pombos-correio são treinados desde pequenos a voar longas distâncias para ganhar resistência e não se perderem. O treinamento começa a ser realizado a partir do momento em que o animal aprende a voar, geralmente aos 30 a 45 dias de vida. “Inicialmente, ele faz voos livres todos os dias, não se afastando muito do pombal. A partir dos três meses de idade, já se pode afastá-lo uns 30 km de sua casa que ele saberá voltar”, conta o professor. Aos poucos, as distâncias vão aumentando e as direções para onde é levado também são diversificadas. “Cada uma dessas ocasiões representa um aprendizado”, explica o professor.

Para se guiar no caminho de volta, os pombos possuem três habilidades fundamentais: a visão, pela qual localiza o Sol e identifica sua posição (leste, oeste e norte); o relógio interno, por meio do qual identifica o período do dia (manhã, meio-dia, tarde, noite); e a memória, que ele utiliza para aprender a relação entre a posição do Sol e o horário. “O Sol muda de lugar ao longo do dia: de manhã, indica o leste; ao meio-dia, o norte (no hemisfério sul); de tarde, oeste. Funciona como uma bússola”, diz Ronald.

“Mas para usar o astro como bússola, é essencial ter um relógio para saber qual a sua posição a cada hora do dia”. Para comprovar a importância dessa relação, o professor cita um experimento onde um pombal é colocado dentro de um laboratório sem janelas durante uma semana. A luz é ligada todos os dias na posição onde nasce o Sol, mas com seis horas de atraso, ou seja, ao meio-dia, e desligada também seis horas depois que ele se põe, à meia-noite.

“Se depois disso, o pombo for levado a uma distância pequena e liberado ao meio-dia, a ave vai olhar para o Sol e achar que são seis da manhã, porque seu relógio interno está atrasado. Então interpretará que a posição indicada pela luz é o leste, quando na verdade é o norte. Então é como se ele virasse o mapa 90 graus para a esquerda”, comenta.

Apesar disso, alguns conseguem voltar, mesmo que levem alguns dias, pois, aos poucos, seu relógio e sua bússola internos vão se ajustando. “É como o jet lag, a gente leva uns dias para se adaptar”, diz Ronald.

Atualmente, além de transportadores de mensagens e encomendas, os pombos-correio são usados em competições chamadas columbofilia. Esses torneios mostram que é muito difícil definir a distância máxima que esses animais conseguem percorrer no caminho de volta para seu abrigo.

“Há uma prova na Europa em que eles partem de Barcelona e chegam à Bélgica, percorrendo quase mil quilômetros.

No Brasil, há uma em que saem de Brasília e chegam a São Paulo, ou seja, são mais de 900 quilômetros e tem pombo que voltou no mesmo dia. Alguns deles voam direto, sem paradas. Outros até param para beber água, por exemplo, depende da condição de cada um”. E muitos deles não voltam: ou porque se perdem, ou porque são capturados por predadores, como o gavião.

Além dos pombos, outros animais também possuem essa capacidade. “Praticamente todos eles conseguem encontrar o caminho de volta para casa, em maior ou menor grau”, diz Ronald.

“As abelhas fazem isso o tempo todo. Os gatos também conseguem. Se o seu dono tenta abandoná-lo levando-o para longe, depois de alguns dias ou semanas ele estará de volta em casa. Foi feita uma experiência com albatrozes no sul do Havaí, levando-os para regiões como Califórnia, Alaska e Japão, e a maioria retornou, de distância de 3 mil até 6 mil quilômetros”.

Fonte: Nova Escola