06/12/2022 0 comentários

Por Miguel López Benitez

Há uma série de ideias que assombram a minha cabeça ou eu já pensei e gostaria de compartilhar, são questões com as quais podemos concordar ou não, mas estão no nosso dia a dia.

Filhote de Pombo Correio

DERBYS:

Todos os dias há mais pessoas que pensam que os Derbys são o futuro da criação de pombos e eu pessoalmente acho que não.

Temos que pensar que, se isso acontecesse, chegaria o dia em que teríamos alguns pares de criadores para criar filhotes para enviá-los depois de passar pela caixa para outra pessoa criar, voar e desfrutar e o que fazemos? Não éramos pombos? Ainda me lembro da primeira vez que vi aquele bando de pombos no ar foi isso que me fez procurar a casa do criador de pombos “Salvador Gambero” para perguntar como eu poderia ter pombos como aqueles.

À parte acho que nos Dérbis, o primeiro pombo nem sempre é o melhor, o seu pode pousar antes mas não entra e como todos os pombos vão para o mesmo pombal, vários chegam juntos e outro foge antes, sabe, falamos de pombos que chegam 1 segundo entre um e outro.

O pombo que ganha acredita que tem o melhor e, aquele que perde, volta para casa querendo colocar fogo no pombal. Acho que são caros e há muito marketing, mas todos estão no seu direito de apreciá-los, não sou contra eles, claro que estou tentado a participar em alguns, mas não gostaria que esse fosse o nosso futuro.

NOVOS MENINOS POMBOS:

Todos nós conhecemos criadores de pombos que se juntam ao clube e não conseguem ganhar nenhum prêmio no primeiro ano, não importa o quanto tenham trabalhado, isso desencoraja qualquer um, talvez devêssemos pensar em outros tipos de competições.

Em outros esportes existem categorias, imagine que você gosta de futebol e, no primeiro ano de prática, você tem que de repente enfrentar equipes de primeira classe, você não ganharia, certo?

Você não tem experiência e antes que você possa competir em igualdade de condições com um parceiro experiente pode passar anos, acho que se o clube inscreveu em um ano 5 novos criadores de pombos “se eles são melhores” você poderia organizar uma competição de novatos para A nível social, por exemplo, os diplomas não custam nada e talvez houvesse menos abandono devido ao desânimo.

A ideia é não exigir muito do iniciante e dar-lhe um pouco de tempo para amadurecer nessa disciplina.

Pombal externo

POMBOS:

Quando você começa a criar pombos, os companheiros lhe dão pombos e há pessoas que não apreciam o que lhes dão. Você tem que ser grato porque todo mundo dá o melhor que tem, eu tenho isso comprovado, a gente parte da ideia que te dá o que tem em sua casa e se não vale a pena é só enganar, claro, os outros te dão filhos de pombos que custaram muito dinheiro, para que você não tenha que comprar pombos caros quando começamos,

Bem, eu sei, por uma boa ideia, que ainda existem muitas pessoas boas na criação de pombos. Que doam criadores, pombos ou ovos de boa-fé e com total garantia.

O CLUBE:

Na Espanha a atmosfera em muitos clubes não é exatamente muito cordial e isso também desencoraja novos membros, devemos tentar promover atividades para que as pessoas queiram ir ao clube, na maioria delas há 3 pessoas por um par de horas no máximo e falando sobre futebol ou programas de TV em vez de falar sobre o que eles têm em comum.

Penso que há uma falta de atividades de interesse para além dos meses de enceste. E que, para além de promovermos a competitividade, temos também de incentivar a camaradagem.

VELOCIDADE:

Eu não entendo como em um esporte que nasce da velocidade ao retornar, a velocidade nacional é suprimida, todas as entrevistas mencionam isso e se todos concordamos porque eles ainda não são realizados. Em vez de promovermos o desporto, limitamo-lo aos gostos de alguns, não sei quem decide ou terá votado para que assim seja.

Pombos Correio

COLOMBOFILOS CON EXPERIENCIA:

Não me refiro a quem ganha todas as provas, mas sim ao número de boas pessoas que tenho o prazer de conhecer neste desporto, são pessoas que dão conselhos desinteressados ​​ou te dão pombos ou fazem coisas pelo clube para que tudo corre melhor apesar de ter de lidar com outros sócios que não pensam no clube ou perderam o entusiasmo pelo seu hobby “estes são em todas as áreas do desporto claro”

COMPETIÇÕES:

Já ouvi muitas opiniões de columbófilos que comentam que os concursos deveriam ser encerrados, ou seja, 30 pombos por exemplo e aqueles até o final pontilham assim as colônias reduzidas estariam em condições iguais embora é claro que você poderia voar tantos como você quer, mas fora do concurso.

E se você conseguir um que goste, no ano seguinte você o colocaria na sua lista e pronto, na minha opinião é uma boa ideia.

Em outros países há competição para femininos, masculinos e juvenis separadamente, embora os voos sejam conjuntos, é mais um incentivo para quem ainda não está à altura em termos de experiência.

APOIO: Para além da ajuda que podemos receber da junta de desporto, não seria uma má ideia procurar a sua colaboração em lojas ou distribuidores locais, quer anunciando-os em páginas web “que hoje não faltam” exibindo camisas publicitárias nas cerimónias de prémios, quer algo semelhante, para que doem os troféus ou parte deles e seria uma forma de poupar, Todos os esportes fazem isso até que um campeonato feminino seja patrocinado hoje.

São apenas algumas ideias pessoais, mas se quisermos que isso continue, temos que nos adaptar e procurar que o esporte seja mais atraente para as pessoas e torná-lo o mais fácil possível, nem todo mundo tem um terreno para colocar um grande pombal, mas se uma casa de madeira em um pátio ou sótão para ter poucos pombos, que são baratos de manter e não roubam muito tempo que hoje em dia é bastante escasso.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.