Publicado em 2 comentários

FCB estreia nova Plataforma de Leilão Online

A Federação Brasileira de Columbofilia acaba de lançar em seu Portal Oficial mais um novo projeto, plataforma online para a realização de leilões destinados a todos os sócios pertencentes aos Clubes e Associações regularmente cadastrados e homologados.

Os sócios que pretenderem fazer leilão de seus pombos devem procurar o  Presidente do seu Clube e/ou Associação em que estiver associado, o qual encaminhará todas as informações do atleta (fotos e pedigrees). 

Segundo o presidente da FCB, Dr. Cláudio Boriola, “É mais uma etapa concluída entre outros projetos que estão sendo elaborados para o fortalecimento da nossa columbofilia nacional. Essa iniciativa visa trazer mais benefícios aos sócios e a todos os Clubes federados envolvidos”.  

O projeto “FCB Leilão” já está no ar e disponível a todos os sócios da FCB para a realização de testes. 

Convidamos a todos para participarem do simulado de testes. Cada um dos vencedores do FCB Leilão, receberá um Prêmio especial “Surpresa” da FCB no final.

Essa campanha inicial estará no ar até o dia 25/08/2020. Não perca tempo e dê seu lance. Clique Aqui

REGRAS PARA PARTICIPAÇÃO DE LEILÃO “ON LINE” FCB

O presente regulamento possui força de contrato de adesão, nos termos do Código Civil Brasileiro e demais normas correlatas, e estabelece as condições para a participação dos sócios regularmente cadastrados no site da FCB (www.fcb.org.br), sendo vedado a participação de particulares. 

Ao aceitá-las, o partícipe/potencial licitante, doravante denominado apenas “Usuário/Sócio”, declara estar ciente e de acordo com as cláusulas, politica de privacidade e das condições a seguir:

1) DA HABILITAÇÃO PARA PARTICIPAÇÃO

1.1) A participação do Usuário/Sócio ou estrangeiro em todo e qualquer leilão depende de cadastro prévio no ambiente virtual da FEDERAÇÃO COLUMBÓFILA BRASILEIRA. 

A aceitação do cadastro é ato de ingerência exclusiva da FCB, tendo o sócio a total aceitação da Politícia de Privacidade do site.

1.2) A participação de Usuário/Sócio brasileiro ou estrangeiro estará condicionada à aceitação – em campo próprio existente no ambiente virtual (site) – das condições de cadastramento e habilitação contidas na politica de privacidade.

1.3) Nessa ocasião, o Usuário/Sócio ou estrangeiros se declara expressamente ciente dos termos do presente regulamento de LEILÃO “ON LINE” FCB que é disponibilizado a todos os partícipes virtuais destinados exclusivamente aos sócios inscritos e regular com suas obrigações com o seu Clube e/ou Associação, cujas regras valem indiscriminadamente para todos estes.

1.4) O Presidente do Clube e/ou Associação é quem será o responsável de enviar para contato@fcb.org.br todos os dados do pombo – Nome do Clube, do proprietário do pombo (sócio), número da anilha oficial FCB, pedigree e foto em alta resolução, devendo destacar o valor mínimo o qual iniciará o leilão.

2) DA VINCULAÇÃO APÓS ARREMATE E PAGAMENTO

2.1) Após ser declarado o vencedor do leilão, o arrematante/Usuário assume o compromisso indeclinável e irretratável de honrar o lance vencedor, independentemente de expressa manifestação posterior. Deverá, pagar o valor do pombo arrematado, acrescido da comissão devida à FCB  o equivalente a 2% (dois por cento) do valor total, sendo o percentual de 2% revertidos para o Clube e/ou Associação onde estiver associado o proprietário do pombo, devendo descontar apenas a despesa de emissão do boleto bancário e taxa do recebimento através de cartão de crédito internacional.

a) O pagamento se dará através de Boleto Bancário de emissão da Federação Columbófila Brasileira para brasileiros. 

b) Para usuário/arrematante estrangeiro o pagamento deverá ser efetuado através de Cartão de Crédito Internacional.

2.2) Decorrido o prazo de 03 (três) dias úteis, sem que haja o pagamento total do valor devido, o Usuário/Sócio/Arrematante fica automaticamente suspenso da FCB até a regularização da pendência, sem necessidade de qualquer interpelação posterior, e pagará, a título de multa pelo desfazimento do negócio, o equivalente a 10% (dez por cento) do valor total devido (lance + comissão de 2%), mediante boleto bancário, nos mesmos moldes do item anterior.

2.3) Em havendo arrematação de pombo correio por pessoas não residentes no Brasil, será utilizado a mesma regra estabelecida no item 2.2.

3) DAS PENALIDADES EM CASO DE DESISTÊNCIA (ARREMATE SEM PAGAMENTO NO PRAZO PREVISTO)

3.1) O Usuário/Sócio/Arrematante reconhece a liquidez, certeza e exigibilidade da dívida originada na hipótese prevista no item 2.2, bem como, autoriza – no ato de aceitação deste regulamento – a emissão de boleto bancário em valor equivalente ao pombo arrematado.

3.2) A exclusivo critério da FCB, o crédito em questão será pago no prazo de até 05 (cinco) dias ao proprietário do pombo, diretamente na conta bancária indicada pessoal, sendo vedado o pagamento para terceiros.

3.3) O Usuário/Sócio/Arrematante que não adimplir com suas obrigações de Arrematante não poderá participar de qualquer outro leilão divulgado no portal www.fcb.org.br e, seu cadastro ficará bloqueado enquanto perdurar a inadimplência.

Parágrafo Primeiro: Caso a FCB, fazendo uso das ferramentas e dispositivos que lhe são facultados e, a seu exclusivo critério, identifique cadastros vinculados àquele bloqueado por inadimplência, poderá cancelá-los ou inserir novo bloqueio enquanto persistir a inadimplência.

4) DO FORO

Fica eleito o Foro da Comarca de São José do Rio Preto/SP  por ser domicílio da sede da FCB para dirimir toda e qualquer desavença oriunda do presente regulamento e dos certames ali realizados, com expressa renúncia por parte dos Usuários (Sócios) a qualquer outro, por mais privilegiado que seja.

Por estar ciente e de acordo com os termos estipulados no presente regulamento e na Politica de Privacidade da FCB, o presente regulamento passa a vigorar a partir desta data.  

São José do Rio Preto/SP, 29 de julho de 2020. 

Dr. Cláudio Manoel Molina Boriola

Presidente

Publicado em Deixe um comentário

Comunicado de Fake News

Comunicado de Fake News

Pombo encontrado em Presídio de São Paulo

É falsa a notícia de que um pombo correio foi encontrado levando entorpecentes em determinado presídio da cidade de São Paulo. A notícia de que o pombo correio transportava drogas para dentro do presídio é FALSA.

A Federação Columbofilia Brasileira – FCB, continua atenta aos fatos mentirosos disseminados nos grupos de WhatsApp e afirma não existir qualquer possibilidade do pombo correio portanto ANILHA FCB consiga fazer transportes de drogas para dentro de qualquer presídio brasileiro.

Data de inclusão: 05/06/2020 13:40

Uma notícia falsa foi disseminada na Internet e através de WhatsApp, divulgando que um pombo correio foi encontrado em um determinado presídio da cidade de São Paulo e algumas pessoas estão compartilhando a falsa informação.

O Presidente da Federação Columbófila Brasileira, é categórico na sua afirmação. “É totalmente impossível que um pombo correio nascido e criado (abdicado) em um determinado local (mais conhecido como pombal ),  consiga fazer transporte de entorpecentes para locais diferentes . Quando o pombo correio é solto, ele sempre regressará para o local onde foi abdicado, ou seja, seu lugar de nascimento e onde foi criado. O WhatsApp deve ser utilizado para levar aos interessados o melhor conhecimento do que é um pombo correio, como cria-lo, trata-lo e competir com os amigos praticando esporte que é chamado de Columbofilia, e desta forma  fomentar a columbofilia brasileira. É lamentável a divulgação dessa informação falsa,” protesta.

As informações da Federação Columbófila Brasileira – FCB, são divulgadas através do seu site oficial www.fcb.org.br.

Não divulgue notícias falsas. Diga NÃO às fake News.

São José do Rio Preto/SP, 05 de junho de 2020.

Dr. Cláudio Manoel Molina Boriola

Presidente

Secretária Geral

Roberto Carlos de Souza

Publicado em Deixe um comentário

Pandemia: corrida de pombos é primeiro esporte a ser retomado na Inglaterra

E o primeiro esporte a retomar suas competições na Inglaterra é a… corrida de pombos-correio! Por pouco essas aves bateram o bilhar e as corridas de cavalos nesta segunda-feira (1o).

Às 10h locais (6h em Brasília), mais de 4.000 pombos foram soltos em Kettering, no norte da Inglaterra, por membros da Federação Barnsley de Pombos-Correio para uma corrida de cerca de 140 quilômetros.

Esta é a primeira competição dos velocistas de penas na Inglaterra, desde a paralisação da modalidade em março, devido à pandemia da COVID-19.

As competições na Grã-Bretanha estão autorizadas a partir desta segunda-feira, mas a portas fechadas.

À espera do retorno dos principais esportes (a Premier League de futebol volta apenas em 17 de junho), competições menos populares terão a chance de atrair a atenção da mídia – caso desta corrida de pombos.

“A corrida é uma razão para as pessoas se levantarem de manhã”, disse um dos participantes, Greenshield, um ex-mineiro de 72 anos.

“As pessoas estão ansiosas”, afirmou, considerando que a retomada permitirá “dar um gás à região”.

Entre os outros esportes retomados hoje, está o “snooker”, uma variação do bilhar, muito popular no Reino Unido, com o campeão mundial Judd Trump, que começa a defender seu título em Milton Keynes.

O campeonato é transmitido ao vivo pela televisão, e os jogadores passam por testes nasais para detectar o coronavírus.

Já o hipismo recomeça em Newcastle, com dez corridas, e os jóqueis de máscaras.

“Não há outra grande coisa para assistir”, comentou o técnico Hugo Palmer, que vê uma “grande oportunidade” para as corridas de cavalos.

Publicado em Deixe um comentário

Doença do Pombo – Esclarecimentos à População

DOENÇA DO POMBO – Esclarecimentos à População

A FEDERAÇÃO COLUMBÓFILA BRASILEIRA– FCB (www.fcb.org.br) , entidade que congrega mais de noventa Clubes, Associações e Federações de criadores de pombos correio, filiada a ASSOCIAÇÃO IBERO LATINO-AMERICANA- AILAC e a FEDERAÇÃO COLUMBÓFILA INTERNACIONAL– FCI, com Sede em Halle – Alemanha, vem por meio desta nota repudiar veementemente a campanha que vem sendo levada ao público, responsabilizando indiscriminadamente os pombos como responsáveis pela morte de pessoas nas cidades de Aracaju/SE e Santos/SP, litoral Paulista.

Fato esse que consideramos lamentável, porém não é possível admitirmos de forma alguma a atribuição da referida doença ao pombo-correio, cuja ave é cultivada em toda a União Europeia, Américas do Norte, Central e do Sul e por toda os países Asiáticos, enfim, no mundo todo por  centenas de milhares de Columbófilos, os quais convivem diariamente com os pombos e não se tem nenhum conhecimento de casos desta tal doença “do pombo”, a qual está sendo propalada sem conhecimentos técnicos e científicos como tem se visto em alguns veículos de comunicação.

Levamos essa Nota de Repúdio com a finalidade de tranquilizarmos toda população brasileira, especialmente, a população de Aracaju/SE e Santos/SP, estendendo-se aos demais Estados.

Esclarecemos que os pombos-correio são aves sãs, tratadas como atletas de alto rendimento, com acompanhamento de médico-veterinários, estando aptas a voar em um único dia até mil quilômetros ininterruptamente, portanto, consideráveis saudáveis.

Solicitamos aos meios de comunicação que diferenciem animais de qualquer espécie abandonados nas ruas, sem qualquer cuidado, das aves tratadas com todos cuidados veterinários por seus proprietários-columbófilos.

Desta forma, entendemos que as informações sem qualquer embasamento técnico-científico-veterinário, não poderá ocorrer interpelações ou afirmativas com cunho objetivo de responsabilizar os criadores de pombo-correio pela transmissão da referida doença, indubitavelmente, ditas aves “pombo-correio” não portam, pois se as portassem, os Columbófilos seriam os primeiros a ser afetados em seus planteis.

Solicitamos as autoridades sanitárias dos Estados de Sergipe e São Paulo, que mantenham as emissões das Guias de Trânsito Animal (GTA), tendo em vista que nos encontramos em pleno Campeonato, e na falta da emissão dos documentos necessários para o transporte dos nossos atletas, ficaremos impedidos de encaminhar nossos pombos para os locais de solta, o que causará grandes perdas por todos os trabalhos que vem sendo efetuado desde o inicio de 2019.

Agradecemos o bom senso, o qual temos plena certeza que prevalecerá.

FEDERAÇÃO COLUMBÓFILA BRASILEIRA– FCB